Loading

Santos Casais da Ferreira

policiario2016@gmail.com

Introspecção Introspecta

O FACTOR AGULHANDO O AGULHEIRO

 

A fase da tortura infligida ao alvo provocara-lhe o descontrolo da defesa, que passou a ser feita em todas as direcções, antes não delineadas. O grupo torturante folgou, apreciando os frutos da sua perseguição colectiva.

Reuniram-se e analisaram a fase actual do suplício, e o que poderiam fazer a seguir, deixando por enquanto o idiota útil prejudicar-se por sua conta própria.

Os agentes de influência tinham obtido a confiança e consideração da vítima, e alicerçando-se nisso, desferiram golpes decisivos no seu nome e reputação. Comunicaram o sucesso ao posto imediatamente acima na hierarquia das agências de perseguição, e a quem davam satisfações, e cujos elementos controladores do grupo já sabiam por observação própria, do bom sucesso do mesmo, mas não alimentaram o regozijo dos subalternos não fosse com isso aparecer um surto de exigências de benefícios salariais.

Planearam então comercializar a mentira sobre a qual tinham edificado a difamação, e com o seu rendimento financiar a totalidade da operação perseguidora.

As fontes difusoras colocaram-se em locais estratégicos, aconselhados por desenvolvidos estudos de marketing.

A propaganda orientou-se no rumo oportunista à bolina ou vela desfraldada, procurando atenuar e recuperar em seu benefício o clamor da malta que se apresentava a bater com eles numa laje.


Santarém, Segunda-feira, 22 de Novembro de 2020

12:18:53.

Santos Casais da Ferreira